Sítio das Doenças Respiratórias

Divulgar informação importante de forma clara, rigorosa e simples, eis o objectivo central do sítio sobre as doenças respiratórias. Sabemos como “é difícil ser simples”, todavia para facilitar o acesso dos utilizadores interessados optou-se por dividir o sítio em três áreas diferentes, correspondendo a três tipologias de públicos com interesses distintos: crianças, educadores e doentes e profissionais de saúde. A informação aqui divulgada possui o mesmo denominador comum - as doenças respiratórias - mas tanto as estratégias de comunicação, como os níveis de linguagem foram adequados aos públicos a que se destinam.

  1. Profissionais de Saúde

    A riqueza da informação científica aqui presente tem valor acrescentado nos cruzamentos dos vídeos, com os textos e os diagramas do quadro electrónico. Tal significa que a versão integral do Manual de Boas Práticas da Asma está muito enriquecida com as intervenções em vídeo do Prof. Doutor Bugalho de Almeida e seus convidados. Por seu turno, os textos do Manual são enriquecidos com vídeos e ainda por imagens e gráficos.

    abrir área de profissionais de saúde

  2. Pais e Educadores

    Nesta secção pode consultar 11 pequenos livros digitais, escritos numa linguagem rigorosa e acessível pelo Dr. Rosado Pinto. Sempre que necessário recorreu-se a uma explicação complementar em vídeo, da autoria da enfermeira Carla Costa, que contextualiza e aprofunda informações susceptíveis de interessar doentes e educadores.

    abrir área de profissionais de saúde

  3. Crianças

    Os livros dedicados a crianças são obras construídas segundo uma estratégica lúdica, tanto ao nível do malmequer mágico que facilita vários níveis de resposta, como dos convites à pintura dos desenhos e à escrita de pequenos episódios vividos ou inventados. Personalizar os livros colocando o nome das crianças que os lêem e enriquecem com as suas próprias histórias, eis uma estratégia que é capaz de agregar muitos interessados na temática das doenças respiratórias.

    abrir área de profissionais de saúde